Dicas Librelato

Como diminuir os gastos da frota com multas?

08 Mar 21
3 min
01

Quer diminuir os gastos com multas que estão gerando prejuízo ao caixa da sua empresa? Então, clique aqui e confira algumas dicas para resolver este problema.

Quem trabalha com frota de veículos, sabe a dificuldade que pode ser diminuir os gastos com multas. Ainda mais se a sua empresa tem vários motoristas circulando pelas estradas ao mesmo tempo.

Além da infração em si, as notificações de trânsito também podem se tornar um problema para a empresa de transportes, pois comprometem uma boa parte do orçamento.

Se você precisa diminuir os gastos com multas, mas não sabe por onde começar, confira as dicas que listamos para ajudá-lo!

5 dicas para diminuir os gastos com multas da frota

Treine e capacite a sua equipe

Não a toa esta é a primeira dica de todas, já que uma boa parte das infrações é cometida pelos motoristas. Então, investir em cursos e treinamentos de pessoal fará toda a diferença na conscientização sobre as normas de trânsito. Assim, as dicas sobre direção defensiva e corretiva podem ajudá-los a entender melhor a necessidade de seguir regras estabelecidas.

Ofereça benefícios e premiações

Oferecer benefícios e premiações para os motoristas que não cometerem infrações também pode ser uma boa saída para diminuir os gastos com multas. O incentivo pode fazer com que eles prestem mais atenção ao volante. A gratificação pode ser em dinheiro ou mediante entrega de algum bônus, dependendo do que a empresa pode fornecer. O importante neste caso é valorizar o bom comportamento.

Cuide da manutenção da frota

Existem infrações que decorrem da falta de comportamento do motorista, mas também tem aquelas geradas por causa das condições dos veículos. E, neste caso, cabe ao gestor fazer a devida manutenção e revisão da frota.

Lanternas que não funcionam, pneus carecas e veículos com emissão de poluição acima do aceitável são situações que cabem à empresa verificar - e que são passíveis de multa. Por isso, invista na manutenção preventiva e evite autuações por falta de conservação da frota.

Mantenha a documentação em dia

Além da manutenção da frota, é importante verificar se a documentação do veículo também está dentro do prazo de validade. Faça o controle de todos os documentos básicos, como IPVA, seguro DPVAT e outras licenças exigidas por cada órgão.

Outro registro importante, mas opcional, é o seguro. Certifique-se que cada motorista sabe o que fazer em caso de algum sinistro. Afinal, ninguém está isento de problemas no trânsito.

Faça controle e estudo das multas

Tenha um controle das multas, nem que para isso seja necessário contar com um sistema ou planilha para acessar as informações. Tire também um tempo para analisar quais são os motivos das infrações. A maioria é por excesso de velocidade? Talvez o tempo de entrega estabelecido seja curto demais para que o motorista cumpra com o horário combinado.

Ao analisar os principais motivos, você  pode ter um diagnóstico do problema, resolvendo o mesmo com a capacitação da equipe.

Por outro lado, em algumas situações, é possível recorrer das multas que foram emitidas irregularmente, como acontece quando os dados do carro não batem com aqueles descritos na infração. Geralmente, há um prazo para isso, daí a necessidade de ter um controle total.

Diminuir os gastos com multas exige atenção tanto do gesto, quanto da equipe. A boa notícia é que, com pequenas ações no dia a dia, como estas que apresentamos, é possível corrigir o problema. Desta maneira, você diminui também o impacto no orçamento devido à cobrança das infrações, ao mesmo tempo em que instrui melhor os seus motoristas.

Tem interesse em mais conteúdos sobre frota? Então, acesse blog do Consórcio Librelato!

Por Consórcio Librelato
Somos uma empresa de consórcios que te ajuda a conquistar os implementos mais modernos com planos acessíveis e confiáveis.

Fique por dentro das nossas novidades